Kassab tenta hoje explicar de novo que fusão de ministérios não prejudica ciência

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

A pedido do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), a Sociedade Brasileira para Progresso da Ciência organizou uma reunião dele com representantes da comunidade científica na tarde desta quarta-feira (7/6) em São Paulo. O encontro será transmitido ao vivo pelo YouTube (o link estará disponível no site da SBPC). Ontem, na audiência pública na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado (CCT), o ministro tentou mais uma vez explicar que não foi negativa decisão do governo do vice-presidente em exercício Michel Temer de fundir em uma nova pasta os ministérios das Comunicações (MC) e o da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

 

Sinal contrário

No momento em que Kassab se esforça para afastar a suspeita do peso do extinto Ministério das Comunicações nas atividades que cabiam ao MCTI, parece ser um sinal contrário a nomeação do novo titular na Secretaria de Política de Informática (Sepin), publicada hoje Diário Oficial da União. O escolhido para o cargo é Maximiliano Martinhão, que era secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações desde junho de 2011. Quem deixa a Sepin é Manoel Augusto Cardoso da Fonseca, escolhido em novembro de 2015 pelo então ministro Celso Pansera (PMDB-RJ) e que é funcionário de carreira do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, com passagens pela Controladoria Geral da União (CGU) e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

 

Pedido para Kassab

Direto da Ciência recebeu na noite de ontem, terça-feira (7/6)  a informação de que funcionários do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), de Campinas (SP), teriam encaminhado uma carta ao ministro Gilberto Kassab (PSD-SP), pedindo que não seja reconduzido ao cargo de diretor do órgão o físico Victor Pellegrini Mammana, cujo mandato se encerrou em 17 de maio do ano passado. O argumento do pedido, segundo servidores do CTI que confirmaram o encaminhamento na manhã de hoje, seria o fato de que nunca houve publicação de ato de recondução, como divulgou esta coluna em 23 de maio (“Ministério da Ciência mantém há um ano diretor de centro com mandato encerrado”).

 

MCTIC ainda não respondeu

Essa não é a primeira vez em que funcionários do CTI se mostram contra a permanência de Mammana no cargo. Em setembro do ano passado,  26 dos 39 pesquisadores e tecnologistas do órgão enviaram um manifesto ao ministério e ao comitê de busca para composição de lista tríplice, pedindo que ele não fosse reconduzido à direção do órgão. Faz três semanas que o físico se comprometeu a encaminhar para Direto da Ciência um documento no qual, segundo ele, teria refutado as afirmações do citado manifesto. Mas não o fez até agora. E o ministério  também até agora não deu nenhuma explicação sobre o que pretende fazer em relação ao caso.

 

Atraso na sucessão no Inpe

Kassab também não escolheu ainda quem será o sucessor do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de São José dos Campos (SP), cujo mandato terminou em 14 de maio deste ano. O MCTIC recebeu em 27 de abril a lista tríplice com os nomes dos pesquisadores César Celeste Ghizoni, Ricardo Magnus Osório Galvão e Thelma Krug. Na semana passada (31/5), o ministro recebeu Sindicato dos Servidores Públicos Federais na Área de Ciência e Tecnologia do Vale do Paraíba (SindCT) um pedido para desconsiderar a lista e formar um novo comitê de busca. O ofício do sindicato reclama que a composição do comitê de busca instituído pelo MCTI teve “acentuado viés privatista” e que o trabalho do grupo foi “um processo fechado, conduzido sem a participação da comunidade inpeana”. Direto da Ciência comentou o caso na coluna de sexta-feira (3/6).

 

Volta por cima no Iphan

Depois de 34 anos de atuação no Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), Kátia Santos Bogéa deixou o cargo de superintendente do órgão no Maranhão em outubro do ano passado. Na ocasião, ela declarou que sua saída do instituto ligado ao Ministério da Cultura era resultado de pressão política do deputado Waldir Maranhão (PSB-MA), vice-presidente da Câmara dos Deputados, que está em exercício da presidência da Casa atualmente e por enquanto. Passados oito meses, o Diário Oficial da União publicou hoje a nomeação da ex-superintendente no estado pelo vice-presidente em exercício Michel Temer (PMDB-SP) para a presidência do órgão, substituindo Jurema de Souza Machado, que a exonerou.

 

Mitos sobre o Aedes

A filial brasileira da empresa britânica Oxytec, que produz o chamado “Aedes do Bem”, a versõ transgênica do mosquito que transmite os vírus da dengue, zika e chikungunya, distribuiu release no início da manha desta quarta-feira, sugerindo para a imprensa a pauta sobre as informações equivocadas sobre esse inseto e seu comportamento. “As iniciativas de educação sobre o mosquito são especialmente importantes no inverno, quando a atenção da mídia sobre a dengue, zika e chikungunya diminui”, diz na nota Guilherme Trivellato, especialista da empresa em Aedes aegypti. “A ideia de que o Aedes aegypti tira férias no inverno, aliás, é um dos mitos que precisam ser combatidos”, complementa Cecília Kosmann, da mesma equipe. Para impulsionar essa divulgação, a Oxytec publicou a página Os 11 mitos do Aedes aegypti.

 

SP aprova concessões

Na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, onde os governos do PSDB há mais de 20 anos têm conseguido manter maioria para aprovar as iniciativas de interesse do Palácio dos Bandeirantes, 63 deputados estaduais votaram a favor do projeto de lei 249/2013, de autoria do governador Geraldo Alckmin (PSDB) que autorizou o Executivo a fazer concessões para 25 unidades de conservação e estações experimentais administradas pela Secretaria do Meio Ambiente. Os 17 votos contrários foram de parlamentares do PCdoB, PSOL e PT, segundo nota da Agência de Notícias da Assembleia.

 

‘Degradar para privatizar’

Ontem, esta coluna comentou a insuficiência de investimentos do governo do estado que tem sucateado a infraestrutura de gestão de seus parques, reservas, florestas e estações ecológicas. Na edição de hoje da Folha, o Painel do Leitor traz um eloquente exemplo desse processo, descrito pelo leitor Edson Domingues, coordenador do Movimento de Defesa do Parque Estadual do Jaraguá (São Paulo, SP). Em sua carta ao jornal, contando a reportagem “Alckmin quer conceder 25 parques à iniciativa privada”, da jornalista Thais Arbex, o leitor afirma que a matéria revela parte de um processo que se arrasta há tempos, e acrescenta o seguinte exemplo.

O Parque Estadual do Jaraguá sofre com a ausência de funcionários da fiscalização ambiental, a interdição do lago por contaminação, a ação de palmiteiros e a avançada degradação do imóvel histórico de Afonso Sardinha, tombado pelo Condephaat. Degradar para privatizar tem sido a tônica de Alckmin.

 

Destaques na internet

Seleção de artigos, reportagens e outros textos publicados on-line desde a coluna de ontem.

Agência Câmara Notícias

Agência Fapesp

Agência Gestão de CT&I

Agência Senado

Alesp – Agência de Notícias

Blog do Pedlowski

O Estado de S. Paulo

Folha de S.Paulo

  • Tendências/Debates: Greve nas universidades estaduais paulistas

Conta não é da sociedade
George Matsas | Instituto de Física Teórica da Unesp

Greve na USP e o bunker de chumbo
Cesar Augusto Minto | presidente da Associação dos Docentes da USP (Adusp)

G1

O Globo

Jornal da Ciência (SBPC)

MCTI – Notícias

The New York Times

Pesquisa Fapesp

Retraction Watch

Scholarly Open Access

Science

SOS Mata Atlântica Notícias

Valor Econômico

 

Na imagem acima, Gilberto Kassab (PSD-SP), então ministro das Cidades, em 3 de março, durante abertura do seminário internacional Desafios e Oportunidades para a Adaptação às Mudanças Climáticas da Mobilidade Urbana . Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top