Governador do AM mantém ‘lei da tilápia’ e blog traz mudanças

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Com base em sugestões de leitores e no acompanhamento do comportamento das visitas ao blog, a partir de hoje Direto da Ciência passa a funcionar de modo diferente. No início da manhã,  será publicada a seleção de destaques dos jornais, sites e blogs sobre ciência, meio ambiente e ensino superior — e não só sobre política nessas áreas —e depois, em posts separados, virão artigos, reportagens ou comentários.  Vamos ver como isso funciona?

 

Governador do AM teima com ‘lei da tilápia’

O destaque principal do dia é a reportagem “Às voltas com processo de cassação do mandato, governador José Melo não revoga a ‘Lei da Tilápia’”, do jornalista Fábio Pontes, no site Amazônia Real. O Ministério do Meio Ambiente, pesquisadores e ambientalistas pediram a revogação da lei, aprovada em maio pela Assembleia Legislativa (Aleam) e sancionada pelo governador José Melo (PROS) no início deste mês, que autorizou a criação de peixes e outras espécies aquáticas exóticas que podem causar danos ambientais aos rios e lagos da Bacia Amazônica no estado. Melo acabou fazendo vetos inócuos, como explica a reportagem, cuja leitura recomendo.

 

Degradação da Floresta Amazônica

Outro destaque importante desde ontem são as reportagens sobre o estudo pesquisador da Universidade de Lancaster (Reino Unido) e do Museu Paraense Emílio Goeldi, publicado hoje na revista científica britânica Nature, mostrando um ponto que eu tenho ressaltado insistentemente desde meu blog anterior, na Folha, e retomado aqui no Direto da Ciência: além do corte raso, que na Floresta Amazônica já atinge uma área equivalente à metade do estado do Amazonas, a degradação por meio de desmatamentos seletivos e queimadas que não eliminam toda a vegetação traz sérias ameaças a esse bioma. É o que informam as matérias “Degradação cria ‘floresta zumbi’ na Amazônia”, do jornalista Claudio Angelo, do Observatório do Clima, Degradação da Amazônia não detectada por satélites é tão perigosa quanto desmatamento”, do repórter Renato Grandelle, de O Globo, e “Estudo calcula impacto da degradação da Amazônia não captada por satélites”, do site O Eco.

 

Mudanças no blog

“Tuffani, que tal compartilhar conosco pelas manhãs os links de todas as suas leituras da imprensa desde o dia anterior, e não só aquelas sobre os temas mais políticos?”, disse a professora Viviane Morais, do Rio de Janeiro. Considerei várias sugestões como essa e também de alguns especialistas em mídias digitais, como meu amigo Marcelo Soares, colaborador da Folha, primeiro editor de audiência de dados desse jornal, profissional com larga experiência em jornalismo on-line e em novas plataformas. “Você pode fazer isso em um post específico, deixando seus comentários, artigos e outras informações para posts específicos ao longo do dia”, disse ele ontem. Com base também nas ponderações de nosso analista de redes sociais, André Tuffani Marino, que acompanha o comportamento dos visitantes de Direto da Ciência, essas mudanças começam hoje, dia em que o blog completa três meses. Vamos nessa! E, como sempre, continuo à disposição para críticas e sugestões, que podem ser feitas no espaço de comentários abaixo. Obrigado a todas as pessoas que têm colaborado e prestigiado este blog.

 

Destaques na internet

Seleção de artigos, reportagens e outros textos publicados on-line desde a coluna de ontem.

Agência Fapesp

Agência Gestão de CT&I

Amazônia Real

Capes – Notícias

Carlos Orsi (blog)

Correio da Cidadania

O Eco

Época

O Estado de S. Paulo

Folha de S.Paulo

G1

O Globo

InforMMA

Jornal da Ciência (SBPC)

Nature News

The New York Times

Notícias Socioambientais

Observatório do Clima

Retraction Watch

Science

SOS Mata Atlântica

Valor Econômico

The Washington Post

 

A imagem acima foi usada na nota Aprovada na Aleam a lei que desburocratiza a criação de peixe em cativeiro”, da Secretaria de Estado da Produção Rural do Estado do Amazonas (Sepror), de 5/5/2016. Foto: Sepror/Divulgação.


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

Top