Ótima notícia sobre a imprensa na Amazônia

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Raras têm sido as boas notícias sobre a cobertura jornalística de ciência e meio ambiente neste atual cenário negativo da imprensa em todo o mundo. A atual crise financeira tem agravado ainda mais todo o quadro que desde o final do século passado desencadeara o enxugamento das redações, a descaracterização das empresas e grupos de mídia à medida que são absorvidos por conglomerados de diversos ramos de atividade e a miscigenação do entretenimento com a informação, com a sociedade cada vez mais incapaz de percebâ-la.

Ontem, domingo (13/nov), foi um ponto fora dessa curva de decadência a reportagem “Lúcio Flávio Pinto passa a integrar a redação da Amazônia Real”. O jornalista já estreou sua coluna semanal na sexta-feira com o artigo “O apito do trem”, no qual comenta o S11D, da Vale, o maior projeto de mineração do mundo, que avança despercebido por grande parte da imprensa brasileira.

Não é raro um ótimo jornalista veterano assumir um novo posto em um veículo de comunicação. Mas também não tem sido nada comum na imprensa ambiental, principalmente no que diz respeito à Amazônia, uma união de esforços entre a equipe de um site combativo, como o Amazônia Real, com um dos melhores jornalistas do mundo em sua mesma área de atuação, que é Lúcio Flávio Pinto.

Não é exagero, nem sobre o site nem sobre o jornalista. Não fosse o trabalho independente de Kátia Brasil, Elaíze Farias e Alberto César Araújo, editores do Amazônia Real, notícias importantes sobre a região amazônica não teriam chegado ao conhecimento da sociedade brasileira ou pelo menos devidamente contextualizadas e enriquecidas com informações relevantes, inclusive a tempo de gerar reações institucionais necessárias.

Sobre Lúcio Flávio, ganhador do IFPA 2005 (Prêmio Internacional de Liberdade de Imprensa) do CPJ (Comitee to Protect Journalists) e considerado em 2014 um dos Cem Heróis da Informação da organização Repórteres Sem Fronteiras, a história é muito mais longa, mas deixo aos leitores que confiram parte dela na reportagem  “Lúcio Flávio Pinto passa a integrar a redação da Amazônia Real”.

Para os leitores que ainda não conheciam Amazônia Real, volto a recomendar que o coloquem em seus favoritos.

 

Inconstitucionalissimamente

O ótimo editorial da Folha “Segredos do agronegócio”, de sábado (12/nov) que motivou artigo deste blog no mesmo dia, foi comentado também por um dos principais autores do direito ambiental brasileiro, o jurista Paulo Affonso Leme Machado, promotor de Justiça aposentado de São Paulo e da Universidade Metodista de Piracicaba. Segue a manifestação dele no Painel do Leitor, ontem (domingo).

O CAR tem a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades rurais, visando diversos controles legais, inclusive o do desmatamento. As florestas “são bens de interesse comum a todos os habitantes do país”, como determina a lei. Acessar as informações existentes é um direito fundamental de todos os brasileiros. As florestas são indispensáveis à nossa sobrevivência. O segredo nos registros do CAR é inconstitucional e contribui para que o desmatamento avance a cada dia.

 

Magníficos em atrito

Na edição desta segunda-feira do Valor Econômico, João Grandino Rodas, ex-reitor da USP, contestou seu sucessor, Marco Antonio Zago, que em entrevista ao mesmo jornal (21/out), que atribuiu grande parte dos problemas financeiros enfrentados pela universidade, a entre outros fatores, o “aumento abusivo do número de servidores contratados” na administração anterior.

Entre outros argumentos, o ex-dirigente rebateu afirmando que em gestão teve “os atuais reitor e vice-reitor como pró-reitores, inclusive com participação, voz e voto nas 23 reuniões do conselho universitário que foram realizadas” (“Rodas rebate críticas de reitor da USP e diz que universidade não é banco”).

 

Destaques na internet

Seleção de artigos, reportagens e outros textos publicados on-line desde a coluna de ontem.

Agência Fapesp

Amazônia Real

Capes – Notícias

O Estado de S. Paulo

Folha de S.Paulo

O Globo

Jornal da Ciência (SBPC)

Nature News

New Scientist

Observatório do Clima

Science

UOL

Valor Econômico

The Washington Post

 

Na imagem acima, reprodução da tela de abertura de reportagem do site Amazônia Real


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

Top