Boletim de Notícias, terça, 14/fev: poluição industrial alcança zonas abissais de oceanos

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Começaram a ser divulgados pela Agência de Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (Noaa) os resultados da expedição científica a altas profundidades da fossa das Marianas, realizada entre abril e maio de 2016. Publicados ontem na revista Nature Ecology & Evolution, os dados mostraram a presença de poluentes em minúsculos crustáceos que vivem em grandes profundidades. Mais informações estão nas reportagens

A edição on-line da revista Science publicou ontem a reportagem “Watch the world’s most elusive boa snake out of a Brazilian forest”, do jornalista Herton Escobar e do fotógrafo Jonne Roriz, sobre a jiboia do Ribeira (Corallus cropanii), espécie raríssima da Mata Atlântica não avistada mais desde 1953, e que agora foi por encontrada por pesquisadores do Museu de Zoologia da USP e do Instituto Butantan.

Continuando a série de reportagens em homenagem ao cinqüentenário da publicação de “Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa, o Estadão publica hoje  “Seca ameaça o São Francisco, maior rio do Grande Sertão”, de Leonencio Nossa (textos) e Dida Sampaio (fotos).

Vale destacar também que já está on-line a edição de fevereiro da revista Pesquisa Fapesp.

Após o Boletim de Notícias de ontem, Direto da Ciência publicou “MEC reconhece 19 cursos de pós-graduação”.

Boa leitura.

Na imagem acima, lata de cerveja a 3.780 metros de profundidade no monte submarino Enigma, a oeste da fossa das Marianas, no Oceano Pacífico. Foto: NOAA Office of Ocean Exploration and Research/2016 Deepwater Exploration of the Marianas/Divulgação.

Agência Fapesp

Capes – Notícias

O Eco

Época

O Estado de S. Paulo

Folha de S.Paulo

G1

O Globo

The Guardian

MCTI – Notícias

Nature News

The New York Times

Pesquisa Fapesp

  • Engrenagem em movimento – Novo sistema de avaliação da USP cobra desempenho de docentes e articula metas individuais com as de departamentos e unidades
    Fabrício Marques
  • Pacto em transformação – Movimento pela recuperação da Mata Atlântica se reorganiza para atingir metas propostas
    Everton Lopes Batista & Carlos Fioravanti

Retraction Watch

The Scholarly Kitchen

Science

UOL

Veja

The Washington Post

 


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top