Mapa da Marcha Pela Ciência mostra adesão em mais de 20 cidades do país

MAURÍCIO TUFFANI
Editor

O mapa da organização da Marcha pela Ciência no Brasil mostra nesta sexta-feira a adesão ao movimento  em 24 cidades do país. Os pontos do mapeamento dão acesso a informações sobre os locais de concentração e seus horários. Confira aqui.

“Os manifestantes irão às ruas para chamar atenção para os cortes mundiais de investimento público na área de ciência e tecnologia, e promover a aproximação entre os pesquisadores e a população”, informa a reportagem “Cientistas de treze cidades brasileiras se juntam a movimento mundial e marcham em 22 de abril”, da revista Scientific American Brasil.

Isso significa que o evento mundial deverá ser maior que o previsto, pois nenhuma cidade brasileira aparece no mapa organizado pela revista Science, indicado na reportagem “The marches for science, on one global interactive map”.

Estão previstas manifestações da Marcha da Ciência em mais de 400 cidades em seis continentes, segundo a reportagem “Why scientists are marching on Washington and more than 400 other cities”, desta sexta-feira do jornal The Washington Post.

Nos Estados Unidos, a marcha foi organizada em reação principalmente aos cortes orçamentários do presidente Donald Trump nos recursos previstos pera pesquisa, e também por causa dos posicionamentos dele e de seu governo contrários a leis e políticas públicas de meio ambiente, inclusive de prevenção ao aquecimento global.

No Brasil, os cortes de recursos federais para pesquisa e proteção do meio ambiente foram da ordem de cerca de 50%, os manifestantes reclamam também do loteamento político de cargos em instituições do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A seguir, links de outros artigos e reportagens sobre o evento.

Correção às 15h00 – O título e o texto originais foram corrigidos porque continham a informação errônea, baseada em outro veículo de comunicação, de que o mapa da adesão teria sido organizado pela Scientific American Brasil.


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top