Boletim de Notícias, 16/mai: Surto de febre amarela é ligado a mutação genética inédita

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

O principal destaque das notícias de ciência do Brasil desde ontem foi a descoberta, por pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz, da ligação entre o recente surto de febre amarela e uma mutação genética inédita do vírus que provoca essa doença. Confira nas reportagens sobre esse assunto, cujos títulos estão destacados em negrito vermelho.

Merece destaque o artigo “Não se iludam: chance de o país ter novas epidemias de zika é bem real”, da jornalista Cláudia Collucci, na Folha.

Após o Boletim de Notícias de ontem, Direto da Ciência publicou “O fim da ‘pós-verdade’ do governo de SP sobre o volume do Cantareira”.

Boa leitura.

Na imagem acima, microfotografia eletrônica de vírus da febre amarela. Foto: site da Vaccination.org.uk/divulgação.

Agência APIPTI

Agência Brasil

Agência Fapesp

BBC Brasil

Eclipse

Envolverde

Época

Estadão (O Estado de S. Paulo)

Folha.com (Folha de S.Paulo)

G1

O Globo

The Guardian

MCTI – Notícias

Mongabay

New Scientist

The New York Times

Observatório do Clima

Retraction Watch

The Scholarly Kitchen

Science

Scientific American

UOL

Valor Econômico

Veja.com

 


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top