Boletim de Notícias, 17/mai: Maconha vira planta medicinal; Câmara desprotege áreas

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Não tem nada a ver com descriminalização: a planta Cannabis sativa, conhecida popularmente como maconha no Brasil e como marijuana em outros países, foi incluída na categoria de “planta medicinal” na Lista Completa das Denominações Comuns Brasileiras (DCB) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nada muda em relação às normas que restringem o uso, a venda e o porte da erva no país, inclusive seu uso medicinal. A novidade tinha sido publicada no Diário Oficial da União no dia 5, mas neo ontem virou notícia. Confira nos títulos destacados em negrito vermelho.

Outro destaque foi o anúncio de um experimento com impressão 3D para construir ovários artificiais que, implantados em fêmeas de camundongos, funcionaram como os órgãos naturais, possibilitando óvulos que deram origem a filhotes em condições normais de saúde. Confira nos títulos destacados em negrito roxo.

A má notícia de meio ambiente é a aprovação pela Câmara dos Deputados da redução no status proteção de duas áreas, uma na Floresta de Jamaxin, no Pará, e outra no Parque Nacional de São Joaquim, em Santa Catarina. Confira nos títulos destacados em negrito verde.

Merecem destaque os artigos “#saudades, Dilminha”, de Claudio Angelo, no site O Eco, e  “Governo Temer está destruindo as conquistas ambientais”, de Reinaldo Canto, no Envolverde.

 Boa leitura.
Na imagem acima, folha e plantação de Cannabis sattiva. Foto: Bogdan/Wikimedia Commons.

 

Agência Brasil

Agência Câmara Notícias

Agência Fapesp

BBC Brasil

O Eco

El País

Envolverde

Estadão (O Estado de S. Paulo)

Folha.com (Folha de S.Paulo)

G1

O Globo

Greenpeace Brasil

The Guardian

MCTI – Notícias

Nature News

New Scientist

The New York Times

Notícias Socioambientais

Retraction Watch

The Scholarly Kitchen

Science

Scientific American

Scientific American Brasil

Veja.com

The Washington Post

 


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top