Boletim de Notícias, 21/jun: Hawking faz apelo para viagens à Lua e a Marte

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Em meio ao fraco noticiário de ciência e meio ambiente desde ontem, vale a pena destacar o apelo do físico britânico Stephen Hawking para que os países unam esforços para viagens tripuladas e construções de bases na Lua até 2020 e em Marte até 2025. Para o cientista, as viagens espaciais são essenciais para o futuro da humanidade, principalmente por causa de de problemas como o aquecimento global e a diminuição dos recursos naturais. Confira na reportagem “‘Pelo bem da humanidade’, Stephen Hawking faz apelo para que homem volte à Lua”, da BBC.

Boa leitura.

Na imagem acima, o físico britânico Stephen Hawking, autor de “Uma Breve História do Tempo”, em Cambridge, em 2008. Foto: Doug Wheller, sob licença Creative Commons Attribution 2.0 Generic, via Wikimedia Commons.

Agência Câmara Notícias

Agência Fapesp

BBC Brasil

O Eco

El País

Estadão (O Estado de S. Paulo)

Folha.com (Folha de S.Paulo)

The Guardian

Inpe Notícias

Jornal da Ciência (SBPC)

Nature News

New Scientist

The New York Times

Pesquisa Fapesp

Retraction Watch

The Scholarly Kitchen

Science

Scientific American

Valor Econômico

Veja.com

The Washington Post

 


Apoie o jornalismo crítico e independente de Direto da Ciência

Você acha importante o trabalho deste site? Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

Top