Governo tem decreto quase pronto para regulamentar lei de inovação

Texto a ser assinado por Temer detalha instrumentos de medidas de incentivo do Marco Legal da Ciência e Tecnologia


MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

O governo federal já tem uma minuta do decreto para regulamentar a política de inovação, estabelecida no ano passado no chamado Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação. O texto, ao qual Direto da Ciência teve acesso, está no Sistema de Geração e Tramitação de Documentos Oficiais do Governo Federal (SIDOF), onde ainda pode receber sugestões de ministérios relacionados ao tema.

O MCTIC espera que o documento final seja assinado “em curto espaço tempo” pelo presidente Michel Temer. Acuado em meio ao cenário negativo também na área de ciência e tecnologia, com congelamento de recursos para pesquisa e previsão de redução no Orçamento da União para 2018, o governo pode tentar gerar uma notícia positiva com o anúncio do decreto.

A nova regulamentação foi elaborada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), comandado pelo ministro Gilberto Kassab (PSD-SP). Para as medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica já previstas inicialmente na lei 10.973, de 2004, e alteradas no Marco Legal (lei 13.243, de 2016), a minuta de decreto detalha instrumentos, condições de participação e restrições, além de mecanismos de controle pelo governo e de prestação de contas durante e ao final das atividades de pesquisa e desenvolvimento.

A minuta de decreto também introduz novas definições básicas, tais como entidade gestora, ambientes promotores da inovação, ecossistemas de inovação, mecanismos de geração de empreendimentos, risco tecnológico e Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT) pública e privada.

 

O que diz o MCTIC

Questionado por Direto da Ciência sobre a minuta de decreto, o MCTIC respondeu por meio de sua assessoria de imprensa que

A Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016, conhecida como o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação, alterou não só a Lei de Inovação, mas outras oito leis para tornar as relações entre as instituições de ciência e tecnologia com o setor empresarial menos burocrática. Neste momento, está para ser publicada a sua regulamentação. A minuta está no  Sistema de Geração e Tramitação de. Documentos Oficiais do Governo Federal – SIDOF para manifestação dos ministérios envolvidos. Temos a expectativa de que num curto espaço de tempo estará publicada esta regulamentação.

No domingo (8), a coluna Direto da Fonte, no Estadão, divulgou que o governo já teria uma iniciativa sobre a matéria. Da forma como foi afirmado, seria um projeto de lei, e não um decreto. Segundo a nota “Temer quer simplificar lei sobre inovação tecnológica”, o presidente teria “praticamente pronta, para mandar ao Congresso, proposta que simplifica a legislação sobre inovação tecnológica”.

No entanto, o MCTIC informou que, além da minuta de decreto de regulamentação, a pasta não tem nenhuma outra iniciativa sobre a legislação de inovação.

Confira o texto da minuta do decreto.

Na imagem acima, fachada do edifício do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Foto: Ascom/MCTIC.

Você acha importante o trabalho deste site?

Independência e dedicação têm custo. E conteúdo exclusivo e de alta qualidade exige competência e também investimento para ser produzido. Conheça o compromisso de Direto da Ciência com essa perspectiva de trabalho jornalístico e com seus leitores. (Clique aqui para saber mais e apoiar.)


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

2 Comentários

  1. Pingback: C&T 178 – Jornal Pensar a Educação em Pauta

  2. Steve Einstein said:

    Deve ser regulamentada também a possibilidade de professores DE trabalharem 8 horas em empresas?

*

Top