Boletim de Notícias: Secas na Amazônia ameaçam a floresta e o clima, diz estudo

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Apesar de as taxas do desmatamento na Amazônia não serem mais tão elevadas quanto foram até dez anos atrás, as secas prolongadas na região e a degradação florestal induzida por elas estão proporcionando incêndios muito mais prejudiciais para a vegetação nativa e para o clima global do que se imaginava. Essa é a conclusão de um trabalho de cientistas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e de colegas de outros países, publicado ontem (terça-feira, 13) no periódico eletrônico Nature Communications.

“Concluímos que os inventários de emissões de carbono destinados a políticas de contabilização e desenvolvimento precisam levar em conta as emissões substanciais por incêndios florestais não associadas ao processo de desmatamento”, afirmam os autores no resumo de seu estudo “21st Century drought-related fires counteract the decline of Amazon deforestation carbon emissions”.

Confira nas reportagens

A seguir, os títulos e links das principais matérias sobre ciência, meio ambiente e ensino superior desde nossa edição de segunda-feira.

Boa leitura.

Na imagem acima, queimada em floresta na região de Marabá, no Pará. Foto: Prefeitura Municipal de Marabá/Divulgação.

 

Association of Health Care Journalists

BBC Brasil

Carbon Brief

Carlos Orsi

Estadão (O Estado de S. Paulo)

  • O desafio da tecnologia – O que até recentemente reduzia a capacidade de setores mais atrasados tecnologicamente de competir pode tornar-se mortal no futuro próximo

Folha.com (Folha de S.Paulo)

G1

O Globo

The Guardian

Inside Climate News

JCom

Nature News

New Scientist

The New York Times

Nexo

The Scholarly Kitchen

Science

ScienceBlogs Brasil

Scientific American

UOL

The Washington Post


Siga Direto da Ciência no Twitter e no Facebook.


Você acha importante o trabalho deste site?

Independência e dedicação têm custo. Com seu apoio produziremos mais análises e reportagens investigativas. Clique aqui para apoiar.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

Top