Boletim de Notícias: Atraso, corrupção e poluição das hidrelétricas na Amazônia

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Nesta quinta-feira, três artigos imperdíveis produzidos pelo site Amazônia Real ressaltam a desastrosa política de energia baseada na implantação de grandes usinas hidrelétricas sem as necessárias salvaguardas de proteção do meio ambiente e dos recursos públicos.

 

Ducha fria na energia limpa

Esfriou-se a esperança de que as prioridades energéticas do Brasil estivessem se afastando de represas amazônicas altamente destrutivas, assinalada em fevereiro por dois altos funcionários do Ministério de Minas e Energia (MMA). Com a recente nomeação de Wellington Moreira Franco (MDB), vulgo Angorá na Lava Jato, para chefiar o órgão, os dois funcionários se demitiram, comenta Philip Martin Fearnside, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Confira no texto e nos links de “Represando a Amazônia sem restrições por mudanças no setor elétrico brasileiro”.

 

 

Corrupção

Pegando como gancho a apuração pelo TCU e pela a Operação Lava-Jato das contas da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu, que já ultrapassou 30 bilhões de reais, o jornalista Lúcio Flávio Pinto sugere a reabertura de investigações sobre eventuais superfaturamentos e desvios outra usina, a de Tucuruí, no Rio Tocantins, também no Pará. Leia em “A corrupção na jungle”.

 

Poluição criminosa

Outro gancho foi o encerramento, no domingo (13) do prazo de 60 dias dado pelo Ibama para a Norte Energia apresentar um plano de trabalho para realocar, em Altamira, também no Pará, moradores das casas em palafita e naquelas em áreas sem saneamento básico. Agravada pela construção de Belo Monte, a situação desumana dessas famílias é retratada pela jornalista Eliane Brum em mais uma brilhante reportagem, que já havia sido publicada na segunda-feira pelo Amazônia Real e está de volta desde a noite de ontem no El País.

Confira em “A Veneza de Belo Monte – Atingidos pela hidrelétrica, seres humanos vivem alagados por água podre na cidade de Altamira, num cenário pós-apocalíptico“.

A seguir, os títulos e links das principais matérias sobre ciência, meio ambiente e ensino superior desde nossa edição de ontem.

Boa leitura.

Na imagem acima, obra da usina hidrelétrica de Belo Monte, em Vitória do Xingu, no Pará, em 17/fev/2014. Foto: Regina Santos/Divulgação Norte Energia (via Agência Brasil).

 

Agência Fapesp

Amazônia Real

BBC Brasil

Blog do Pedlowski

Capes – Notícias

Carbon Brief

ClimaInfo

Deutsche Welle

O Eco

El País

  • A Veneza de Belo Monte – Atingidos pela hidrelétrica, seres humanos vivem alagados por água podre na cidade de Altamira, num cenário pós-apocalíptico
    Eliane Brum

Envolverde

Estadão (O Estado de S. Paulo)

Folha.com (Folha de S.Paulo)

G1

O Globo

The Guardian

Inside Climate News

Jornal da Ciência (SBPC)

MCTIC – Notícias

Nature News

New Scientist

Rede Brasil Atual

Retraction Watch

The Scholarly Kitchen

Science

Scientific American

Valor Econômico

WWF Brasil


Você acha importante o trabalho deste site?

Independência e dedicação têm custo. Com seu apoio produziremos mais análises e reportagens investigativas. Clique aqui para apoiar.


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

*

Top