Secretário do Meio Ambiente de SP deixa cargo à disposição de Márcio França

Maurício Brusadin foi indicado pelo PP, que rompeu aliança com a candidatura do governador pelo PSB e decidiu apoiar Doria, do PSDB.

MAURÍCIO TUFFANI,
Editor

Nove meses após ter sido nomeado pelo então governador Geraldo Alckmin (PSDB), o secretário estadual do Meio Ambiente, Maurício Brusadin, deixou na tarde desta sexta-feira (22) o cargo à disposição do atual Chefe do Executivo, Márcio França (PSB). Por ter sido indicado pelo PP, que o indicou para o cargo, Brusadin preferiu “deixar o governador à vontade”.

Em contato por telefone no início desta noite, Brusadin confirmou a Direto da Ciência que encaminhou sua decisão por meio do secretário estadual de Planejamento e Gestão, Mauricio Juvenal. “Não sou do PP, mas fui indicado pelo partido”, afirmou o titular da pasta do Meio Ambiente . Procurado por meio de sua Coordenadoria de Imprensa, o Palácio dos Bandeirantes afirmou que não se posicionará sobre o assunto.

A indicação de Brusadin para a Secretaria do Meio Ambiente (SMA) foi feita pelo próprio presidente estadual do PP, o deputado federal Guilherme Mussi, que também foi quem ontem avisou a França, por mensagem de WhatsApp, que estava rompendo a aliança anunciada na semana passada e, ao mesmo tempo, aderindo à campanha rival de João Doria, do PSDB (“Presidente do PP comunicou rompimento a governador de SP por WhatsApp”, Folha).

Brusadin, que assumiu o cargo em 31 de agosto de 2017, é o terceiro secretário do Meio Ambiente nomeado por Alckmin em sua gestão iniciada em 2015. Economista, o titular da SMA é mestre em engenharia urbana pela Unesp e especialista em marketing político e redes sociais. Militou no PV, do qual foi presidente do diretório estadual.

Brusadin é parceiro em trabalhos de consultoria de Xico Graziano, que foi chefe do gabinete pessoal de Fernando Henrique Cardoso na Presidência da República, secretário do Meio Ambiente do estado na gestão de José Serra (2007-2010) e da Agricultura e Abastecimento no governo de Mário Covas.

Na imagem acima, o governador de São Paulo, Márcio França (PSB), e o secretário Maurício Brusadin, em Santos (SP), em atividade do Projeto Verão no Clima, em janeiro deste ano. Foto: Secretaria do Meio Ambiente/Divulgação.

Você acha importante o trabalho deste site?

Independência e dedicação têm custo. Com seu apoio produziremos mais análises e reportagens investigativas. Clique aqui para apoiar.


Receba avisos de posts de Direto da Ciência.

Informe seu e-mail para receber avisos. Ele não será fornecido a terceiros.

Para sua segurança, você receberá uma mensagem de confirmação. Ao abri-la, basta clicar em Confirmar, e sua inscrição já estará concluída. Você sempre poderá, se quiser, cancelar o recebimento dos avisos.


Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução de conteúdos de Direto da Ciência.
Clique aqui para saber como divulgar.

Top