Reportagens

Secretário-adjunto de Alckmin tentou forjar declarações de pesquisadores

Secretário-adjunto de Alckmin tentou forjar declarações de pesquisadores

Vice de Ricardo Salles na Secretaria do Meio Ambiente expulsou pessoas de reunião que tratou de concessões e vendas de florestas públicas – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Apesar de ter expulsado duas pessoas e impedido a participação de outras em uma reunião em 26 de janeiro de interessados em concessões e em aquisições de 34 áreas do Instituto Florestal (IF), o

Sem voar há 8 anos, avião-laboratório do Inpe será doado à FAB

Avião Bandeirante EMB 110 B1, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), fora de operação desde 2009 e estacionado desde então na pista do aeroporto de São José dos Campos. Foto: Lucas Lacaz Ruiz, autorizada especialmente para Direto da Ciência. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Há oito anos desativado e estacionado à beira da pista do aeroporto

Novo gerente de 18 parques de SP é político e esteve em reunião para venda de florestas

Empresário e integrante do PMDB de Itapeva, já contratado em março, é promovido pela Fundação Florestal, da Secretaria do Meio Ambiente, acusada de aparelhamento político – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Além de já ser mais um político em cargo de confiança para chefiar unidades de conservação na Fundação Florestal de São Paulo (FF), o agrônomo Rafael Leonard

MP investiga acúmulo ilegal de atividades de ex-ouvidor ambiental de SP

Após abertura de inquérito, secretário estadual do Meio Ambiente desligou da função companheiro do Movimento Endireita Brasil – MAURÍCIO TUFFANI*, Editor Desde o dia 4 o advogado Roberto Pitaguari Germanos não é mais ouvidor da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA). Ele acumulava o cargo com atividades legalmente incompatíveis que em

Inpe fez nota contra monitoramento a ser terceirizado pelo MMA, mas não a divulgou

Estimada em R$ 78,5 milhões por ano, iniciativa ‘não tem metodologia técnica sólida’, afirma documento – MAURÍCIO TUFFANI, Editor O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) preparou ontem (4) uma nota oficial criticando a decisão do Ministério do Meio Ambiente (MMA) de contratar serviços terceirizados para monitoramento ambiental, inclusive de desmatamento da Amazônia, estimados em R$

Governo quer terceirizar observação da Amazônia por satélite

Empresa a ser contratada será definida em pregão amanhã (4/mai), após prazo de 14 dias que incluiu dois feriados prolongados – MAURÍCIO TUFFANI, Editor O Ministério do Meio Ambiente (MMA) prevê contratar por R$ 78,5 milhões por ano o monitoramento dos desmatamentos da Amazônia que é realizado desde 1989 pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Condenado por crime ambiental, político do PP vira chefe de estação ecológica em SP

Contratado pela Fundação Florestal, presidente do partido em Marília foi convidado pelo secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Salles – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Para chefiar a Estação Ecológica de Bauru, a Fundação Florestal de São Paulo (FF) contratou no dia 13 o presidente do Partido Progressista (PP) em Marília, Rogério Alexandre da Graça, que foi

Diretora de combate a desmatamento no MMA cai por criticar ‘falta de transparência’

Reclamações persistentes de Thelma Krug sobre a forma como o governo anuncia dados de devastação da Amazônia levaram à sua demissão – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Por suas críticas internas e persistentes ao governo sobre atrasos e falta de maior clareza nas divulgações dos dados oficiais sobre o desmatamento da Amazônia, a pesquisadora Thelma Krug passou a

Governo de SP tem decreto pronto para mudar gestão de 14 áreas florestais

Objetivo é esvaziar o Instituto Florestal, afirmam pesquisadores sobre texto que será votado no dia 19 pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Já está pronto o texto de um decreto para o governador Geraldo Alckmin (PSDB) transferir 14 áreas do Instituto Florestal (IF) para a Fundação Florestal (FF). São 10 estações ecológicas e três

Unicamp suspende por 31 dias docentes que foram examinadores em banca de sócio

Punição para Alberto Luiz Francato e Paulo Sergio Franco Barbosa foi considerada ‘moleza’ e ‘refresco’ por professores da universidade – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Apesar de a própria Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) considerar que cometeram falta “gravíssima”, foram punidos com apenas 31 dias de suspensão os professores Paulo Sergio Franco Barbosa e Alberto Luiz Francato, respectivamente

Top