Arquivos por tag: Inpe

88% da devastação do Cerrado do Mato Grosso é ilegal, diz estudo

88% da devastação do Cerrado do Mato Grosso é ilegal, diz estudo

Mais da metade da área do bioma destruída em 2019 no estado é de 883 propriedades, que são 3% dos imóveis. – CÍNTHIA LEONE Quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020, 7h53. Análises divulgadas nesta quinta-feira (6) pelo Instituto Centro de Vida (ICV) mostram um total de 933 km² de desmatamento do Cerrado entre agosto de

Sem plano concreto para conter devastação, governo só tem ‘conversa fiada’

Dinheiro supostamente ‘prometido’ por países ricos é o factoide mais recente da tática do ministro Salles de gerar distrações para a imprensa. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Quinta-feira, 21 de novembro de 2019, 14h25. Cheguei a pensar em usar para este artigo o título “Estadão cai na lorota de Ricardo Salles sobre ‘dinheiro prometido’ por países

Desmonte ambiental faz Amazônia ter maior desmatamento anual desde 2008

Governo ignorou alertas que apontavam risco de aumento descontrolado da devastação. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Segunda-feira, 18 de novembro de 2019, 17h57. Não foi surpresa a notícia, anunciada nesta segunda-feira (18) pelo governo federal, do aumento de 29,5% do desmatamento da Amazônia. Os 9.762 km² de corte raso na floresta de 1º de agosto do

Desmatamento na Amazônia é o maior em 11 anos e alcança 20% da floresta

Veja a evolução do corte raso anual e do acumulado desde o início do monitoramento feito pelo Inpe em 1989. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Segunda-feira, 18 de novembro de 2019, 16h48. O governo federal anunciou nesta segunda-feira (18) que foi de 9.762 km² a área total de corte raso na Floresta Amazônica brasileira de 1º

Corte raso total na Floresta Amazônica ultrapassa 20% com taxa de 2018-2019

Ministros Ricardo Salles e Marcos Pontes anunciam amanhã, no Inpe, total de área desmatada na região. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Domingo, 17 de novembro de 2019, 10h50. Ainda não se sabe qual será a taxa anual de desmatamento da Floresta Amazônica a ser anunciada amanhã pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. No entanto, mesmo que

Brasil não reduz emissões, que vão piorar com cana na Amazônia e no Pantanal

‘Liberou geral’ da cana-de açúcar nos dois biomas deixará o Brasil ainda mais longe de cumprir metas do Acordo de Paris. – MAURÍCIO TUFFANI, Editor Quarta-feira, 6 de novembro de 2019, 16h40. Tive um intuitivo senso de alerta ontem, terça-feira (5), quando o Observatório do Clima anunciou que as emissões brasileiras de gases de efeito

Top